Imediaticidade

Instagram. Facebook. Whatsapp. E de forma geral as mídias sociais. Já nos acostumamos a ter notícias no mesmo momento em que aconteceu. Também a falar com quem desejamos na hora que queremos e, não precisamos mais esperar o serviço de correios para que uma mensagem seja entregue.

Todas as essas coisas nos mostram o quão maravilhosa pode ser a humanidade, se motivadas com a causa certa. Damos um novo significado para declarações em praças e locais públicos equivalendo ao mesmo nível de importância de um texto romântico em pleno no feed para pessoa que ama.

Entretanto, de todos os efeitos que a tecnologia causa, tem um que me deixa muito mais intrigada, o da imediaticidade. Como nos acostumamos com o imediato das coisas, como alguns já nasceram em meio a tudo isso e como isso atrapalha o nosso mental.

A imediaticidade nos torna impacientes e consegue nos envolver em grandes erros. Se almejamos um nível de equilíbrio e saúde mental, não queremos nos tratar de forma contínua. Preferimos pagar para alguém que promete uma suposta cura rápida. Assim é com saúde mental, tanto quanto é com saúde física.

O quão maravilhoso seria se pudêssemos curar traumas, medos, inseguranças e certas amarguras em uma só semana, em uma só palestra, em um só curso. Não estou de forma alguma expressando uma opinião contrária a cursos e palestras, e sim contra a falsa promessa de cura imediata. Todas essas coisas são auxílios e complementos na sua jornada e não a fórmula pronta para o sucesso.

Cada um possui um ritmo, um tempo, uma história com crenças limitantes que podem interferir nessa caminhada. O processo de cura é diferente pra cada um. Faça cursos, palestras, leia livros… Mas não opte somente por esses caminhos, não procure somente a cura. Em conjunto dela, procure também a causa. Para que não tenha falsa sensação de que tudo se resolveu e  volte a “adoecer”.

Opte por olhar para si e reconhecer suas fraquezas, entender seus medos, as causas e onde tudo começou. Todos os dias se entenda e se conheça mais, mais e mais. É um trabalho incessante e longo, sobretudo eficaz. Procure ajuda especializada e continuada, como a terapia.

Ter “para agora” significa pular processos necessários para o crescimento, perde-se o significado e sentido daquele resultado. Na busca pelo equilíbrio e saúde mental, não existe cura rápida. Estamos em crescente aprendizado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *